Startup modelo retorna ao Tecnopuc - Anprotec
[Startup modelo retorna ao Tecnopuc]
15/fevereiro/2017
1433515922_GetNet

Foto: divulgação

Incubada no Parque Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) entre 2004 e 2006, a GetNet volta à Universidade neste ano, agora com uma unidade de pesquisa, após se transformar em modelo de sucesso para startups brasileiras. A empresa tornou-se uma das gigantes na área de soluções de meios eletrônicos de pagamento do país. Em 2014, foi comprada pelo grupo Santander, por R$ 1,1 bilhão.

O presidente da Anprotec e assessor de Ciência, Tecnologia e Inovação da reitoria da PUCRS, Jorge Audy, explica que a GetNet é um case de sucesso que deve servir de modelo para as startups brasileiras. “É uma empresa que teve seu início com jovens e ousados empreendedores, surgiu e se desenvolveu ligado à um ecossistema de inovação no nosso ambiente brasileiro, neste caso, no Tecnopuc”, explica Audy.

Segundo o vice-presidente de TI na GetNet, Cristian Cavalheiro, a volta para o ambiente do Tecnopuc ajudará a empresa a alcançar o objetivo de promover uma transformação digital. “Para nós, é essencial estar integrado à universidade e poder utilizar métodos e desenvolver projetos inovadores que venham transformar a sociedade, também sabemos que a universidade é um ambiente estratégico para encontrar talentos profissionais”, explica.

Agora, Cristian também foi convidado para compor o Conselho Consultivo da Anprotec, representando as startups do movimento dos ambientes de inovação. Para ele, esse papel se mostra muito interessante por toda sua trajetória profissional e de pesquisas feitas dentro e fora do país para conhecer diferentes ambientes de inovação. Além da Anprotec, Cristian está na Endeavor, participa de projetos com o grupo Santander e também se destaca como investidor em aceleradoras sendo um grande entusiasta do movimento. “Minha presença nesses lugares estratégicos me permite contribuir com as empresas que estão chegando de forma a ensiná-las o melhor caminho para direcionar seus esforços. Isso é muito satisfatório e importante”, acrescenta.

Tecnopuc_Site

Foto: divulgação

4all

Outra iniciativa do mesmo criador da GetNet, José Renato Hopf, a 4all, está se instalando também no Tecnopuc. Trata-se de uma empresa de tecnologia, dedicada a transformar a experiência das pessoas no mundo digital, por meio de uma plataforma que funciona como um marketplace de aplicativos, envolvendo tanto aplicações de desenvolvimento próprios e terceiros.

O diretor de comunicação e relacionamento, Thiago Ribeiro, explica que o projeto consiste em uma grande plataforma com dois focos principais: integração para negócios e oferecer serviços no conceito “tudo em um” para as pessoas.

“Temos um conceito disruptivo, vamos além do modelo de negócio, buscamos mudar a relação que temos com o ecossistema onde estamos inseridos, que são as pessoas que praticam a inovação e desenvolvem tecnologia. Somos uma jovem empresa que nasce por meio de um propósito de conectar os momentos de maior frequência das pessoas usando tecnologia”, explica o diretor.

Ele salienta ainda que a parceria com o Tecnopuc incide em conectar-se com um ambiente de inovação que é referência no Brasil e trabalhar junto com os atores dele para torna-lo cada vez mais forte, eficiente e qualificado. “A ideia é que isso também se amplie para outros ecossistemas. Vamos ocupar um espaço dentro do parque, mas, além disso, queremos ajudar outras empresas que estão lá, seja oferendo tecnologia, fomentando o desenvolvimento ou apontando soluções”, finaliza Ribeiro.

Foto: Lilian Knobel

Presidente da Anprotec, JorgeAudy. Foto: Lilian Knobel

Audy destaca a importância da volta da GetNet e o ingresso da 4all no Parque. “É muito importante, porque não só mostra que no Brasil temos condições de desenvolver empresas de alto crescimento e posicionamento em escala global, como foi o caso da GetNet, mas também nos mostra exemplos concretos de como tornar tudo isso realidade. Esses ambientes, no conjunto dos espaços do Tecnopuc, estabelecem uma plataforma para a efetivação do posicionamento estratégico da PUCRS, focado na inovação e no desenvolvimento”, diz.

Na mesma linha, Cristian Cavalheiro, manda um recado para que os empreendedores não desistam nunca. “As dificuldades vão existir sempre, a vontade de desistir vai acontecer a todo momento, mas quem está realmente imbuído dos sonhos ultrapassa todas as barreiras. É possível e nós somos um exemplo disso”, finaliza Cavalheiro.

Sobre o Tecnopuc

O Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc), associado à Anprotec, estimula a pesquisa e a inovação por meio de uma ação simultânea entre academia, instituições privadas e governo. Empresas de diferentes portes, entidades e centros de pesquisa da própria Instituição estão sediados nos dois sites: em Porto Alegre e em Viamão, ambos no Estado do Rio Grande do Sul – Brasil. Atualmente, o Tecnopuc abriga 120 organizações, somando mais de 6,3 mil postos de trabalho.

O parque já foi eleito três vezes o Melhor Parque Científico e Tecnológico do Brasil pelo Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador, promovido pela Anprotec em parceria com o Sebrae.

[Busca]
[Associados]
Acesso restrito

Esqueci minha senha
[Newsletter]
[Agenda]
[Realizações Anprotec]
    Land2Land
    Avance!
    Programa de Promoção da Economia Criativa
    CERNE
    Sapi
    Missões internacionais Missões internacionais Missões internacionais
    Estudos e pesquisas Estudos e pesquisas Estudos e pesquisas
    Conferência Anprotec Conferência Anprotec Conferência Anprotec
    Memória Anprotec Memória Anprotec Memória Anprotec
[Parceiros]
    Sebrae
    EBN
    MDIC
    Apex
    Cnpq
    MCTI
    InBIA
[CONTATO]