Anprotec e Samsung iniciam nova rodada de Programa - Anprotec
[Anprotec e Samsung iniciam nova rodada de Programa]
26/dezembro/2016
ANPROTEC Fotos: Gustavo Scatena / Imagem Paulista

Evento de imersão de três dias em São Paulo
Fotos: Gustavo Scatena / Imagem Paulista

Samsung e Anprotec, em parceria com  o CCEI Daegu – Centro de Economia Criativa e Inovação da Coreia do Sul, deram início, a partir deste mês, na segunda rodada do Programa de Promoção da Economia Criativa. Resultado de uma parceria inédita entre o setor privado, as redes nacionais de inovação e o setor governamental, o Programa de Economia Criativa, tornou-se em pouco mais de um ano de operação, um caso de sucesso em escala nacional e referência na relação entre grandes e pequenas empresas para o desenvolvimento de empreendimentos inovadores e startups intensivas em conhecimento.  O objetivo do programa é promover a aceleração de startups inovadoras em áreas como realidade virtual, saúde digital, educação digital, bem-estar, wearables, convergência, e Internet das Coisas (IoT).

Iniciando o segundo ciclo de aceleração, Samsung e Anprotec ofereceram às startups e incubadoras  participantes um evento de imersão de três dias em São Paulo – de 12 a 14 de dezembro. Executivos da companhia, além de gestores da Anprotec e uma rede parceiros associados, ministraram palestras, minicursos, workshops e mentorias com conteúdo focado em diversos temas relacionados a empreendedorismo e inovação.

ANPROTEC Fotos: Gustavo Scatena / Imagem Paulista

Evento de imersão de três dias em São Paulo
Fotos: Gustavo Scatena / Imagem Paulista

“O programa está sendo fantástico desde o início. O que os mentores conseguem nos passar de ideias em termos de melhoria do produto e dos processos, não conseguiríamos pensar no dia a dia durante o desenvolvimento. Esse auxílio nos ajuda muito a pensar (a palavra pensar repetida duas vezes, podemos alterar a fala de Egmar?) e, inclusive, repensar o produto. Está sendo muito bom nesse sentido”, explica Egmar Rocha, sócio da EasyThings, empresa que desenvolveu o EasyGlic, bracelete capaz de detectar episódios de hipoglicemia, e participa da segunda rodada.

Para Leandro Sales, da startup de controle financeiro Quanto Gastei, “o contato próximo com executivos da Samsung é muito positivo para validar nossas ideias e contar com a opinião de quem está de fora do processo”.

Antonio Marcon, gerente de Pesquisa & Desenvolvimento da Samsung e coordenador nacional do programa, destaca que “O programa permite que grandes empresas utilizem alternativas viáveis de financiamento e mecanismos de fomento à inovação como a Lei de Informática, um modelo de referência, testado e validado, para adoção e aplicabilidade de Fundos Setoriais e investimentos diretos de grandes e médias empresas no Brasil. O programa é um caso de sucesso em escala nacional da relação entre grandes e pequenas empresas e a expansão é o caminho natural.”

ANPROTEC Fotos: Gustavo Scatena / Imagem Paulista

Superintendente executiva da Anprotec, Sheila Oliveira Pires.
Fotos: Gustavo Scatena / Imagem Paulista

Já a  superintendente executiva da Anprotec, Sheila Oliveira Pires, também destaca a relevância do programa para startups inovadoras de uma grande empresa. “Esse processo favorece a inovação, que ocorre de forma? mais rápida, eficaz e segura. São muitos os benefícios compartilhados por ambos os lados, bem como pelas incubadoras que participam do programa”, afirma.

Expansão

Integrante dessa primeira rodada do programa, que teve início em 2015, Glenny Gurgel, sócio da Sinapse Virtual Tecnologia e Serviços, considera que a participação foi fundamental para o avanço da empresa. “Foi um momento marcante na nossa história porque trouxe um aprendizado tecnológico, de gestão e organizacional que não tínhamos, além de expandir nossos horizontes comerciais e tecnológicos”, comenta.

Na primeira rodada do programa, oito startups foram incubadas e aceleradas por quatro incubadoras. Para a segunda rodada, o programa foi expandido e passou a receber 13 startups e 10 incubadoras, que têm acesso a um aporte maior, de até R$ 250 mil. Outra diferença em relação à edição anterior é que as startups selecionadas serão aceleradas por nove meses, ao invés de seis meses, o que significam mais horas de capacitação e chances de gerar bons negócios.

Sobre a Samsung Electronics Co., Ltd.

A Samsung Electronics inspira o mundo e desenha o futuro com ideias e tecnologias inovadoras. A companhia está redefinindo o mundo de TVs, smartphones, wearables, tablets, câmeras, eletrodomésticos, impressoras, equipamentos médicos, sistemas de conexão, semicondutores e soluções LED. Para saber mais e conferir as últimas novidades sobre a Samsung, visite a Sala de Imprensa Samsung no www.news.samsung.com.

Sobre a Anprotec

Criada em 1987, a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) reúne 345 associados, entre incubadoras de empresas, parques tecnológicos, instituições de ensino e pesquisa, órgãos públicos e outras entidades ligadas ao empreendedorismo e à inovação. Líder do movimento no Brasil, a Associação atua por meio da promoção de atividades de capacitação, articulação de políticas públicas, geração e disseminação de conhecimentos. Atualmente, o Brasil conta com 400 incubadoras de empresas e cerca de 90 iniciativas de parques tecnológicos. Saiba mais em www.anprotec.org.br

[Busca]
[Associados]
Acesso restrito

Esqueci minha senha
[Newsletter]
[Agenda]
[Realizações Anprotec]
    Land2Land
    Avance!
    Programa de Promoção da Economia Criativa
    CERNE
    Sapi
    Missões internacionais Missões internacionais Missões internacionais
    Estudos e pesquisas Estudos e pesquisas Estudos e pesquisas
    Conferência Anprotec Conferência Anprotec Conferência Anprotec
    Memória Anprotec Memória Anprotec Memória Anprotec
[Parceiros]
    Sebrae
    EBN
    MDIC
    Apex
    Cnpq
    MCTI
[CONTATO]